CULTURA CORPORATIVA: uma grande ferramenta de Segurança da Informação que é prontamente negligenciada.

CULTURA CORPORATIVA É UMA DAS MAIS BÁSICAS E RELEVANTES FERRAMENTAS PARA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. A Cultura, de uma forma geral, pode ser entendida como o conjunto das ideias, costumes e comportamento social de um grupo específico. Isso se traduz em valores, convicções, ideologias, crenças, comportamentos de grupo. No meio corporativo, nada mais natural que absolutamente toda organização tenha sua cultura própria. E sim, essa é um dos mais fortes instrumentos para construção, ou destruição, de um ambiente seguro.

O fato é que a CULTURA DEVORA A ESTRATÉGIA NO CAFÉ DA MANHÃ. A frase, originalmente atribuída a Peter Drucker, nunca foi tão verdadeira quanto nas organizações modernas, especialmente no que é relacionado a Segurança da Informação e Gestão de Riscos. A cultura corporativa pode tanto motivar quanto drenar a energia dos profissionais da organização. Entenda: A cultura é o ambiente onde a estratégia corporativa, mesmo a mais bem definida, floresce ou padece. Qualquer companhia que tente desconectar esses dois fatores, está trazendo um grande risco no seu caminho para o sucesso.

Você tem toda razão, meu caro sr. Drucker!
Você tem toda razão, meu caro sr. Drucker!

Durante os últimos anos, várias empresas têm aprendido – da maneira mais difícil – que negligenciar Segurança da Informação pode trazer impactos desastrosos sobre operações, marca e resultados financeiros. Este cenário nos leva a acreditar que a mentalidade da alta direção deve ter evoluído para uma abordagem mais madura, onde a segurança é vista como um facilitador de negócios e incorporada em todos os aspectos da estratégia e transmitida na cultura corporativa, correto? Longe disso.

Leia mais