As piores senhas (dos piores usuários) de 2014

Bem vindos a era da hiperconectividade (na verdade já iniciou faz um tempinho!) . Em tempos onde é considerado normal checar as redes sociais antes mesmo de sair da cama, a promessa da massificação dos wearables está logo ali, e com a internet das coisas em breve se tornando uma realidade, a onipresença da tecnologia/internet nas nossas vidas é fato óbvio. Claro, as ameaças estão cada vez mais presentes!

Novo Homem Vitruviano: Como a tecnologia vai afetar nosso comportamento?

Novo Homem Vitruviano: Como a tecnologia vai afetar nosso comportamento?

Entretanto, enquanto a hiperconectividade avança a vertiginosos passos de Usain Bolt, nossa preocupação relativa a Segurança da Informação parece se inspirar em meios menos céleres (piada velha! eu sei!). A lista anual de “piores senhas”, anualmente divulgada pela SplashData, teve sua versão de 2014 divulgada ontem (20/01) e não surpreende.


Usando como base a análise de mais de 3.3 milhões de senhas que vazaram ano passado de alguma forma, as piores senhas continuam encabeçada pelas celebres “123456” e “password”. Novas entradas são, no mínimo, engraçados como “batman” (imaginei o usuário pensando “I am Batman!” durante o logon) e “696969” (não pesquise no google!). Claro, estamos olhando para um cenário internacional (leia-se Estados Unidos e parte da Europa), mas não é difícil imaginarmos que no Brasil muita gente ainda usa as favoritas nacionais como “deuseamor” e “jesuscristo”.

iambatman
Não faço ideia de quem ainda usa senhas inseguras…

 

Em 2012 escrevi um artigo onde brincava com a ideia de uma Cultura de Segurança da Informação Utópica, em que controles de proteção seriam mínimos, já que os próprios usuários estariam conscientes de pelo menos parte dos riscos. Hoje o que ainda podemos ver é que mesmo as medidas de segurança mais simples ainda são vistas com desprezo.

A pergunta que fica é: Se não temos a disciplina necessária para seguir controles básicos, como usar senhas complexas, imagine o que passa quando falamos de criptografia, classificação da informação e gestão de vulnerabilidades técnicas. Pense nisso quando estiver transmitindo ou armazenando informações sensíveis?

Claro, a complexidade da sua senha deixa de ser relevante se você está disposto a divulga-la livremente….

…Na TV…

….Em um programa assistido por 2.83 milhões de pessoas!

Se você não está com vontade de ver o clipe todo, segue a melhor parte:

Repórter: Nós estamos falando hoje sobre cibersegurança e quão seguro senhas das pessoas são. Qual uma das senhas que você usa on-line atualmente?
Entrevistada: É o nome do meu cachorro e o ano em que concluí o colegial.
Repórter: Oh, que tipo de cão que você tem?
Mulher: Eu tenho um papillon chihuahua.
Repórter: E qual é o nome dele?
Mulher: Jameson.
Repórter: Jameson. E onde você foi à escola?
Mulher: Eu fui para a escola em Greensburg, Pensilvânia.
Repórter: Qual escola?
Mulher: Hempfield Senior Area High School.
Repórter: Oh. E quando você se terminou o colegial?
Mulher: Em 2009.

Resumindo: Desculpem informar, mas ainda estamos infinitamente distantes da utopia.


Senhas Complexas

Que tal algumas dicas básicas para usar senhas complexas e ficar mais protegido?

  • Tamanho mínimo de 8 dígitos, incluindo letras MAIÚSCULAS e minúsculas, números e caracteres especiais (e.g. !@#$%¨&*(“}{ )
  • Não usar informações pessoais como, por exemplo, nomes de familiares, datas de aniversário, placa de carro;
  • NUNCA anote sua senha. Se tem dificuldades para lembrar existem ótimos programas para gratuitos gerenciar senhas como, por exemplo, o KeePass (http://keepass.info/download.html)
  • NUNCA revele sua senha ou parte dela. Mesmo se for numa entrevista para um programa de TV ou durante uma foto para o jornal, essa prática não é muito legal!
Sim.. aqueles caracteres logo acima da bandeira do Brasil eram a senha do WI-FI da Equipe de segurança do DF na época da copa ... 7x 1 para a insegurança :)
Sim.. aqueles caracteres logo acima da bandeira do Brasil eram a senha do WI-FI da Equipe de segurança do DF na época da copa … 7x 1 para a insegurança 🙂

Comentários

Comentários

Os comentários estão desativados.